A quimera

A quimera
Minha última quimera!

sábado, 10 de agosto de 2013

soluçar

Pare de soluçar coração,
assim não há pulmão que aguente equilibrar ar...
pare de soluçar, dê-me solução,
ar para meus pulmões...

um soluço é quase um
impulso,
de impulsos vivem os pulsos de quem ama até o entardecer,
tem aqueles que teimam em amanhecer, mas ai, é outra história,
os soluços sempre veem quando a noite cai...
como raios no coração...
soluçar não doí, respirar sim...

2 comentários:

  1. é que soluçar é pra fora e respirar é pra dentro e lá dentro, vc sabe né...tem todas aquelas coisas sem fim !

    ResponderExcluir
  2. ... estas coisas sem fim, que nos arrancam suspiros e nos deixam a soluçar...

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Total de visualizações de página

Videos

Loading...

Músicas