A quimera

A quimera
Minha última quimera!

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Amor

Por ter vivido aquele amor, não sente mais falta de nenhum outro,
Já lhe bastou pel a vida inteira,
Pode morrer em paz, pode tatuar frase de poeta em suas carnes.
“Foi poeta, sonhou e amou na vida.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Total de visualizações de página

Videos

Loading...

Músicas