A quimera

A quimera
Minha última quimera!

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Amor, Meu Grande Amor

Amor, meu grande amor
Não chegue na hora marcada
Assim como as canções
Como as paixões
E as palavras...
Me veja nos seus olhos
Na minha cara lavada
Me venha sem saber
Se sou fogo
Ou se sou água...
Amor, meu grande amor
Me chegue assim
Bem de repente
Sem nome ou sobrenome
Sem sentir
O que não sente...
Pois tudo o que ofereço
É, meu calor, meu endereço
A vida do teu filho
Desde o fim, até o começo...
Amor, meu grande amor
Só dure o tempo que mereça
E quando me quiser
Que seja de qualquer maneira...
Enquanto me tiver
Que eu seja
O último e o primeiro
E quando eu te encontrar
Meu grande amor
Me reconheça...
Pois tudo que ofereço
É, meu calor, meu endereço
A vida do teu filho
Desde o fim até o começo...
Amor, meu grande amor
Que eu seja
O último e o primeiro
E quando eu te encontrar
Meu grande amor
Por favor, me reconheça...

2 comentários:

  1. enviada pela brisa, vinda de uma terra distante, essa canção chegou até a mim... meu cavalheiro de armadura de ouro... meu cumplice...
    ..."*Amor meu grande amor... só dure o tempo que mereça , sem nome ou sobrenome... sem sentir o que n sente...pois tudo que ofereço é... meu calor.. meu endereço"...

    ResponderExcluir
  2. para baixar essa canção:

    http://www.4shared.com/audio/uE0troOJ/Baro_Vermelho_-_Amor_Meu_Grand.htm

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Total de visualizações de página

Videos

Loading...

Músicas